Instagram
Facebook
Twitter
Youtube

Notícias

Turismo - Obras - Geral - Fundação do meio ambiente

Secretaria de Turismo, Obras e Fuman apresentam novo projeto de acessibilidade na Praia de Gravatá

As novas estruturas propostas, apesar de mais caras do que as atuais rampas de madeira, vão representar uma economia para o município por serem muito mais resistentes e praticamente, sem custos de manutenção.
Data de inclusão: 22/04/2020 12:20

Apesar das restrições impostas pela pandemia do Coronavírus e todos os esforços direcionados para a área da Saúde, alguns setores da Prefeitura de Navegantes trabalham em outras ações de melhorias da infraestrutura do município.

Esta semana, representantes das secretarias de Turismo, Obras e da Fundação Municipal do Meio Ambiente (Fuman) apresentaram um projeto piloto para a implantação de um novo modelo de rampa de acessibilidade às praias (rampa e escadaria), através da instalação de estrutura de gabião revestidas com madeira. A título de conhecimento, gabiões são estruturas feitas em aço, parecidas com gaiolas, que se tornam sólidas ao serem preenchidas com pedras.

Conforme o secretário municipal de Obras, engenheiro Luiz Carlos dos Santos Cordova Júnior, a intenção é utilizar uma estrutura de contenção com gabiões, constituída por uma malha de aço de dupla torção, revestida com um composto polimérico inerte, capaz de resistir a condições severas, o que dará uma maior resistência e garantia de solidez da estrutura. “Já foram utilizadas outras estruturas, como madeiras, que apesar de não agredirem o meio ambiente, mostraram-se ineficaz diante da ação do mar. Por ser um projeto piloto, neste primeiro momento estamos empenhados em viabilizar a instalação de duas estruturas, uma rampa e uma escadaria, para ver como se comporta na prática e fazer ajustes ao projeto, caso precise nas próximas etapas. Não queremos fazer um paliativo e sim uma obra resistente, que aguente as intempéries e seja utilizada por muitos anos”, explica o secretário.

Já a superintendente da Fuman, a bióloga Cláudia Angioletti Gabriel, explica que o projeto é bastante viável por ser muito resistente e causar pouco impacto ao local de instalação. “Esta estrutura permite, inclusive, o reestabelecimento do ecossistema e o replantio da restinga em seu entorno”, observa a superintendente.

Para o secretário do Turismo de Navegantes, Fernando Cardoso de Souza, responsável pela gestão da orla da praia, as novas estruturas propostas, apesar de mais caras do que as atuais rampas de madeira, vão representar uma economia para o município por serem muito mais resistentes e praticamente, sem custos de manutenção. Outro benefício é o embelezamento da praia, pois a obra vai reduzir o impacto visual e trazer um aspecto mais limpo a orla”, enfatiza o secretário.

Vale destacar que o projeto conta com o acompanhamento técnico dos órgãos municipais e autorização ambiental da Fundação Municipal do Meio Ambiente de Navegantes.

Imagens relacionadas

Secretaria de Turismo, Obras e Fuman apresentam novo projeto de acessibilidade na Praia de Gravatá

Receba novidades

Receba as novidades da Prefeitura de Navegantes no seu e-mail:

Endereço

R. João Emílio, 100 - Centro
Navegantes - SC
CEP: 88370-446

Fone: (47) 3342-9500