Lançamento da 2ª edição do primeiro livro sobre a história de Navegantes acontece nesta quarta-feira (25)

24/09/2019 - 17:16h

Obra histórica será distribuída gratuitamente

Depois de 44 anos, o primeiro livro sobre a história de Navegantes ganha uma segunda edição. De autoria de Osório Gonçalves Vianna, “Navegantes e sua história” será lançado nesta quarta-feira, dia 25 de setembro, às 19h30, na Biblioteca Cruz e Sousa, com distribuição gratuita de 200 exemplares. Na ocasião, também vai ser apresentada uma gravação histórica de Osório Gonçalves Vianna.  

O trabalho é o resultado incansável do autor, que buscou em arquivos públicos, jornais antigos, livros e moradores do município, os fatos mais marcantes da história de Navegantes. No livro, Vianna resgata os primeiros habitantes, a primeira igreja, a primeira escola, a emancipação político-administrativa em 1962 e o folclore navegantino.

A primeira edição da obra foi lançada no dia 9 de julho de 1975, na Igreja Matriz de Navegantes, sem a presença do autor. Osório Gonçalves Vianna faleceu no dia 16 de abril daquele ano. O livro só foi publicado graças à iniciativa da esposa Maria Jucelina Couto e de amigos. Vianna liderou o movimento de emancipação, que criou o município de Navegantes em 1962.

O livro “Navegantes e sua história” conta com o patrocínio do Edital Vilma Mafra de Incentivo à Cultura 2019 e será doado para as escolas púbicas de Navegantes.

Gravação histórica

No dia do lançamento do livro, será apresentada uma gravação em áudio histórica de Osório Gonçalves Vianna. A gravação foi feita no dia 26 de outubro de 1974, quando Vianna recebeu o título de cidadão navegantino. No mesmo dia, o primeiro prefeito eleito de Navegantes, Cirino Adolfo Cabral também recebeu o título honorário.

O áudio que registra os discursos de Vianna e Cabral foi feito na antiga sede da Prefeitura de Navegantes, onde está localizado hoje o Fórum Municipal. O fato histórico foi registrado pelo filho de Vianna, Douglas Monte Cristo Lopes.

O áudio original foi gravado em uma fita K7, posteriormente convertida para um arquivo em MP3 pela empresa Sak Som. Depois da divulgação no dia do lançamento, o material completo vai ser disponibilizado na internet.

Legenda da foto: Capa do livro retrata a imagem restaurada da primeira capela em homenagem a Nossa Senhora dos Navegantes, construída em 1896

Legenda da foto do autor: Ilustração da foto de Osório Gonçalves Viana/Arte Daniel Manfredini

Fontes para entrevistas:

Douglas Monte Cristo Lopes, filho do autor do livro e dono da fita K7 histórica, no telefone (47) 999104-1820

Vilma Marli Rebello Mafra, pesquisadora e proponente do projeto, no número (47) 99955-7741

                            

Texto: Jornalista Rogério Pinheiro - DRT SC 03951 JP

Telefone para contato: (47) 98823-5334

Download das fotos em alta resolução

Aguarde